sexta-feira , 24 março 2017
Inicio / Destaque / Vereador Wanderlei Graebin se entrega na Polícia Federal após ter mandado de prisão expedido

Vereador Wanderlei Graebin se entrega na Polícia Federal após ter mandado de prisão expedido

Policiais federais realizaram diligências e apreenderam documentos na casa do parlamentar

Desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira, 21 de outubro, guarnições da Polícia Federal realizam diligências na cidade, mais precisamente, na Câmara Municipal e na residência do vereador reeleito Wanderlei Graebin (PSC), em Vilhena.

Os policiais federais estiveram na Câmara de Vereadores da cidade cumprindo mandados de busca de apreensão de documentos em gabinetes de vereadores, em especial, de Graebin e posteriormente deslocaram-se até sua residência, no intuito de cumprir mandado de prisão em desfavor do parlamentar, bem como mandado de busca e apreensão.

No momento em que os policiais estavam na residência de Graebin à sua procura, o vereador se apresentava espontaneamente na sede da Polícia Federal da cidade.

As informações são as de que a Justiça Estadual decretou a prisão preventiva do vereador Wanderlei Graebin acusado de envolvimento em um esquema de extorsão para aprovar loteamentos na Câmara Municipal, lembrando que outros quatro vereadores e o prefeito José Luiz Rover (PP) são investigados na mesma operação.

Boatos ainda não confirmados pela Polícia Federal,  dão conta de que a prisão preventiva do vereador, deve-se ao fato de após a prisão do vereador José Garcia (DEM), Graebin teria tentado destruir provas que o ligam ao esquema e coagir testemunhas que seriam capazes de incriminá-lo.

Contudo, a imprensa aguarda posicionamento do delegado, mas a assessoria da PF disse que só irá se pronunciar após o inquérito ser concluído.

Como Graebin é advogado, o vereador deverá cumprir pena em sua casa com o uso de tornozeleira eletrônica.

Não foi revelado pela PF se novas prisões deveram ocorrer em desfavor dos investigados e indiciados Carmozino Alves Moreira (PSDC),  Junior Donadon (PSD) e Jairo Peixoto (PP), os quais, não encontram-se na cidade.

A reportagem apura detalhes do caso.

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-1

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-2

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-3

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-4

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-5

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-6

vereador-wanderlei-graebin-se-entrega-na-policia-federal-apos-ter-mandado-de-prisao-expedido-7

 

 

Carlos Mont Serrate

Rota Policial News

 

Comente com facebook

comentarios

Sobre ANTONIO

Além disso, Veja

Colisão entre carros resulta em danos materiais

Veículo foi parar em cima da calçada O acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira, 23 …