domingo , 20 agosto 2017
Inicio / Destaque / Chuvas à vista em Rondônia, Amazonas, Acre e Mato Grosso. Temperatura pode despencar na próxima semana

Chuvas à vista em Rondônia, Amazonas, Acre e Mato Grosso. Temperatura pode despencar na próxima semana

Baixa umidade e calor intenso com os dias contados

A baixa umidade do ar e o calor intenso deste inverno de 2017 vai dar uma boa trégua na Amazônia sul-ocidental, em parte do Centro-Oeste brasileiro e nas planícies da Bolívia. Há fortes indícios atmosféricos de que pulsos úmidos do Atlântico conseguirão penetrar na Amazônia sul-ocidental e aumentar a umidade do ar na região. Já, nesta quarta-feira, dia 9, haverá possibilidade, embora ainda pequena, de que ocorram chuvas pontuais no Acre, no norte e noroeste de Rondônia e no sudeste, sul e sudoeste do Amazonas.


As condições atmosféricas propícias à ocorrência de chuvas aumentarão no domingo e na segunda-feira, com a aproximação e a chegada de uma frente fria fraca e a incursão de mais umidade oceânica.

No entanto, será a partir da metade da próxima semana que deverão ocorrer chuvas mais volumosas, não só no Acre, em Rondônia e no Amazonas, mas também no sul e oeste de Mato Grosso e nas planícies da Bolívia e da região de selva do Peru, devido à aproximação e chegada de uma forte frente fria causada por uma poderosa onda de frio polar.

Em Vilhena/RO, as chuvas poderão chegar na metade da próxima semana, quando a frente fria causada por uma poderosa onde de frio polar chegar ao Sul de Rondônia.

 

FRIO SERÁ INTENSO 


Ainda é cedo para afirmar, mas as condições atmosféricas atuais mostram que uma poderosa, alvez a mais forte dos últimos anos, massa de ar polar estará em formação na próxima semana. Se for confirmada a sua formação, a onda de propagação desse ar frio terá uma velocidade alta e, assim, os ventos serão intensos e deverão atingir a Amazônia Ocidental e parte do Centro-Oeste brasileiro, provocando, no fim da próxima semana, queda brusca e acentuada da temperatura.


Nossas análises mostram que é alta a probabilidade de ocorrência de uma típica friagem amazônica, pois, devido à umidade que deverá estar sobre a região, não haverá bloqueio atmosférico e, assim, o céu deverá ficar encoberto, com chuvas a qualquer hora, quando da chegada do fenômeno.

 

 

Fonte:  CPTEC/INPE

Comente com facebook

comentarios

Sobre ANTONIO

Além disso, Veja

Residência pega fogo no bairro Jardim Eldorado e bombeiros evitam que incêndio se alastrasse

Ninguém ficou ferido no episódio e os bombeiros controlaram as chamas. Dois quartos foram afetados …