domingo , 20 agosto 2017
Inicio / Destaque / Associação Bushidô de Jiu-Jitsu abre edital para seleção de alunos bolsistas em Vilhena

Associação Bushidô de Jiu-Jitsu abre edital para seleção de alunos bolsistas em Vilhena

São 50 vagas disponíveis 

Vagas: 50 vagas – 20 vagas matutinas (período da manhã) e 30 vagas vespertinas (período da tarde).

Requisitos: alunos da rede pública de ensino (meninos e meninas), devidamente matriculados para o ano letivo de 2017, com idade entre 10 anos e 15 anos. Ter renda FAMILIAR inferior a três salários mínimos.

Local da seleção: Academia Pró-Fight – Park Shopping Vilhena.

Horário: 15 horas

Data: 12/03/2017

 

A Associação Bushidô de Jiu-Jitsu (filial da Equipe Top Brother do Mestre Casquinha Cezar Guimarães) vem a público divulgar o presente edital para seleção de alunos bolsistas.

Os alunos selecionados receberão todo suporte necessário à prática do Jiu-Jitsu. Os alunos selecionados deverão comprar o Kimono Padrão do Projeto, de forma a manter a uniformização dos assistidos pelo projeto[1].

Os alunos selecionados se comprometerão com as normas do Projeto Bushidô, devendo buscar evolução no desenvolvimento social e escolar.

Os alunos selecionados deverão representar a Associação Bushidô em todas as competições e apresentações a que forem designados.

[1] Os alunos que não tiverem, comprovadamente, condições de comprar os quimonos, poderão vender rifas organizadas pela Associação Bushidô para obter os recursos para tal aquisição.

A Associação Bushidô de Jiu-Jitsu viabilizará documentação esportiva para os alunos selecionados, efetuando seus registros na Federação de Jiu-Jitsu do Estado de Rondônia (FJJRO) e na Confederação Brasilelira de Jiu-Jitsu (CBJJ).

 

 

A ASSOCIAÇÃO BUSHIDÔ DE JIU-JITSU

 

 

A Associação Bushidô de Jiu-Jitsu foi fundada no ano de 2011, atendendo a públicos de diversas idades e gêneros. Ao longo de suas atividades, a Escola percebeu que o Jiu-Jitsu deveria se adaptar a cada perfil, passando a contemplar as especificidades e peculiaridades de cada pessoa. Assim sendo, o Jiu-Jitsu passou a ser utilizado como uma mola propulsora das potencialidades pessoais de cada indivíduo da referida escola, impusionando-os ao sucesso dentro e fora dos tatames. Diante disto, vislumbro-se a necessidade de atender à sociedade local, através do presente projeto.

Atualmente a Escola Bushidô de Jiu-Jitsu Tradicional está sediada na Academia Pró-Fight – Intelligent Training –  no sub-solo do Park Shopping Vilhena.

 

 

Sobre o Jiu-Jitsu:

 

Jiu-Jitsu 柔術 (Arte-Suave) – Oriundo dos Mosteiros Hindus onde foi concebido como forma de defesa alternativa que defendesse, neutralizasse, anulasse e subjugasse sem causar danos físicos aos adversários, preceitos estes que não viriam violentar os rígidos dogmas religiosos dos monges. O Jiu-Jitsu desde os seus primórdios teve sempre como filosofia básica a auto-defesa, mesmo quando essa auto-defesa implicasse na necessidade de contra ataque ao adversário, sempre como resposta, nunca como iniciativa.

Baseado num jogo inteligente de força e contra força, equilíbrio e desequilíbrio, em lançamentos e movimentos divergentes, além de ser uma arte marcial, o Jiu-Jitsu poderia ser classificado como uma ciência exata dos movimentos coordenados.
Dentre os benefícios ofertados pelo Jiu-Jitsu podemos citar:

 

  • Diminui o Stress
  • É uma Defesa Pessoal efetiva tanto para homens quanto para mulheres.
  • Desinibe os tímidos e acalma os agitados e ansiosos.
  • Aumenta a auto-estima, auto-confiança e fortalece o caráter, (esporte de conquista individual).
  • Trabalha e define o corpo, como braços, ombros, abdômen e quadril, tanto em homens quanto em mulheres.
  • Aumenta a resistência do organismo.
  • Acelera o metabolismo.
  • Melhora a capacidade cardiovascular e respiratória.
  • Aumenta a flexibilidade.
  • Aumenta a coordenação motora.
  • Aumenta os reflexos.
  • Melhora a concentração.
  • Melhora a aprendizagem escolar.

Durante um treino de Jiu-Jitsu temos o seguinte gasto calórico:

 

750 Kcal/h é o gasto calórico médio para praticantes com alguma experiência, que consigam completar toda a parte de aquecimento do jiu-jitsu, podendo se aumentar a queima calórica com a intensidade de exercícios aeróbicos e anaeróbicos. Em aulas mais avançadas de jiu-jitsu, pode se perder até 1500 kcal/aula.

 

 

OBJETIVOS DO PROJETO:

 

 

Objetivos Gerais:

 

  • Formar cidadãos aptos a lidar com os problemas sócio-econômicos-culturais da sociedade em que estão inseridos, moldando-os com personalidade firme capaz de esquivarem-se das drogas e da violência urbana, cultivando o espírito de luta que lhes impulsionará a conquistar seus sonhos.

Objetivos Específicos:

 

  • Identificar alunos em situação de vulnerabilidade social;
  • Ofertar alternativas para driblar a situação de vulnerabilidade social;
  • Melhorar a concentração dos alunos;
  • Combater a violência;
  • Diminuir a taxa de menores com envolvidos com entorpecentes;
  • Criar um ciclo social saudável;
  • Estimular o estudo elevando as notas escolares;
  • Fomentar a atividade física;
  • Valorizar a família;
  • Promover a socialização das crianças;
  • Ensinar o respeito, a disciplina e a cortesia.

 

 

ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO PROJETO:

 

 

Da seleção dos alunos:

 

A seleção dos alunos ocorrerá através de pesquisa social sobre o candidato e sua família, devendo estes corresponder aos critérios estipulados pelo presente edital.

Os candidatos devem ser alunos da rede pública de ensino, devidamente matriculados para o ano letivo de 2017, e com idade entre 10 anos e 15 anos (idade a ser completada em 2017).

Os candidatos devem ter renda familiar não superior a três salários mínimos.

 

Da permanência no projeto:

 

A permanência dos alunos no projeto está diretamente ligada ao seu desempenho escolar, entendendo-se aqui desempenho como um grupo de fatores (notas, comportamento, disciplina, organização e socialização). Para que tal acompanhamento seja bem sucedido a equipe gestora deverá fornecer, quinzenalmente, relatório de notas e comportamento destes alunos.

Por outro lado os praticantes de Jiu-Jitsu devem evitar confusões, não participar de brigas e ter uma vida regrada, sem uso de álcool e outras drogas lícitas ou ilícitas. Assim sendo, o Jiu-Jitsu não nos ensina apenas a nos defender de uma possível agressão, no entanto, muito além disto, ele nos ensina a esquivar-nos da violência, não freqüentando locais indevidos e não andando e más companhias. Logo, as relações sócio-culturais extra-classe dos atletas participantes do projeto também deverão ser exemplares, e diálogos com seus familiares irão acontecer com dada freqüência.

O aluno que se envolver em brigas, utilizar drogas lícitas ou ilícitas, praticar atos infracionais, estará automaticamente desligado do projeto.

 

Do acompanhamento educacional:

 

O acompanhamento educacional escolar dos alunos do projeto se dará através de fichas mensais emitidas pela equipe gestora da escola a qual o aluno pertence.  Tais fichas devem conter informações sobre o gráfico de notas do aluno, sobre seu comportamento em sala de aula e em demais dependências da escola, sobre seu relacionamento com os colegas, sobre o tratamento com professores e demais funcionários da escola. Qualquer alteração nestes quesitos deverá ser comunicada à Coordenação do Projeto.

O aluno selecionado será responsável por providenciar tais relatórios, devendo solicitá-las diretamente à equipe gestora da escola e entregá-la, mensalmente, à coordenação do projeto.

 

Do desenvolvimento do atleta:

 

O desenvolvimento do atleta será analisado com base em sua ficha de avaliação escolar assim como em sua dedicação e evolução no Jiu-Jitsu. No entanto ressalta-se que, diferentemente de em academias convencionais, a GRADUAÇÃO do aluno está diretamente vinculada ao seu desenvolvimento escolar.

O sistema de graduação do Jiu-Jitsu é feito através de faixas, e em cada faixa existem quatro graus. Em geral, a cada seis meses de treinamento o aluno recebe um grau em sua faixa, quando recebe o quarto grau, o aluno está apto a fazer o exame para a próxima faixa. Assim sendo, a cada semestre escolar, o aluno que tiver avaliação POSITIVA em sua ficha semestral (emitida pela equipe gestora da escola) receberá um grau em sua faixa, seguindo-se assim até o exame de faixa, que será feito pela coordenação do projeto. O aluno que receber graduação deverá dar exemplo aos menos graduados, auxiliando-os no DOJÔ (local de treino), assim como em duas atividades escolares e em suas dificuldades cotidianas. O jiu-jitsu é, antes de mais nada, uma família, assim sendo todos que fizeram parte do projeto devem se enxergar como irmãos, como uma família que permanece unida. A Associação Bushidô de Jiu-Jitsu Tradicional possui o seguinte lema: JIU-JITSU BUSHIDÔ – ORGANIZADO COMO UM TIME! LUTANDO COMO UMA FAMÍLIA! Assim sendo os alunos devem ser unidos e ajudarem uns aos outros em suas dificuldades e em suas alegrias, buscando formar um ciclo social saudável que possibilite aos seus participantes o crescimento pessoal, assim como a formação de grupos de estudos voltados ao reforço escolar.

Ressalta-se que a Escola Bushidô de Jiu-Jitsu Tradicional é representante oficial da Equipe TOP BROTHER em Rondônia, sendo esta uma equipe de grande porte e estimado respeito no mundo do Jiu-Jitsu. A matriz da Equipe TOP BROTHER está localizada no Méier, cidade do Rio de Janeiro/RJ, e conta com alojamento e ampla estrutura para os atletas. É prática da Equipe Top Brother recrutar atletas talentosos, levando-os para morar no Centro de Treinamento, onde estes recebem todo suporte necessário à sua permanência como atleta profissional. O Centro de Treinamento Top Brother oferta alojamento com internet, alimentação, treinamento físico, treinamento técnico e encaminhamento e acompanhamento para a vida profissional do atleta. Assim sendo, os atletas da Associação Bushidô de Jiu-Jitsu, incluindo-se TODOS alunos do presente projeto, que se destacarem, despontando como grandes talentos e grande potencial profissional, poderão ter a oportunidade de seguirem carreira no Jiu-Jitsu, indo residir em um grande centro de treinamento.iclo social saud alunos devem ser unidos e ajudarem uns aos outros em suas dificuldades e em suas alegrias, buscando formar

 

 

Organização e desenvolvimento das aulas:

 

As aulas ocorrerão nas dependências da Academia Pró-Fight: Intelligent Training –  situada no Park Shopping Vilhena.

 

Os alunos do projeto serão divididos em dois blocos, a saber:

1º – TURMA A – alunos que estudam pela manhã;

2º – TURMA B – alunos que estudam à tarde.

 

Os alunos que estudam no horário da manhã, irão treinar nas terças e quintas das 16 horas até as 17 horas e 30 minutos.

Os alunos que estudam no horário da tarde irão treinar nas terças e quintas das 09 horas e 30 minutos às 11 horas.

Os dias das aulas poderão sofrer alterações, conforme escala semanalmente publicada.

A coordenação do projeto é de responsabilidade do Sensei Alexandre Thomaz Harrison, e a organização e desenvolvimento das aulas contam com apoio de sua equipe de alunos graduados: Instrutores André Monteiro de Alcântara Oliveira[1] (Faixa Marrom) e Cleber Assis Maciel[2] (Faixa Marrom).

As turmas serão divididas, além do horário de aulas nas escolas, por faixa etária, assim sendo teremos:

 

TURMA 1 – alunos com faixa etária de 10 a 13 anos;

TURMA 2 – alunos com faixa etária de 13 a 15 anos.

 

Assim sendo, totalizaremos quatro turmas, sendo que em cada horário serão atendidas, simultaneamente, duas turmas. Ex:

 

TURMA A1 E TURMA A2 – horário das 16 às 17:30;

TURMA B1 E TURMA B2 – Horário das 09:30 às 11 horas.

 

O atendimento simultâneo de alunos com diferentes faixas etárias não prejudicará o aprendizado, uma vez que na PRÓ-FIGHT existem duas áreas para treino, logo enquanto os alunos da TURMA 1 estão treinando na ÁREA 1, os alunos da TURMA 2 estarão treinando na ÁREA 2.

[1]              Faixa Marrom de Jiu-Jitsu formado pelo Sensei Alexandre
Thomaz; Bacharel em Medicina atuando como Clínico Geral.

[2]              Faixa Marrom formado pelo Sensei Alexandre Thomaz; Graudado em Administração de Empresas e em Ciências Contábeis.

[1] Os alunos que não tiverem, comprovadamente, condições de comprar os quimonos, poderão vender rifas organizadas pela Associação Bushidô para obter os recursos para tal aquisição.

[2]              Faixa Marrom de Jiu-Jitsu formado pelo Sensei Alexandre
Thomaz; Bacharel em Medicina atuando como Clínico Geral.

[3]              Faixa Marrom formado pelo Sensei Alexandre Thomaz; Graudado em Administração de Empresas e em Ciências Contábeis.

Fonte: Assessoria

Comente com facebook

comentarios

Sobre ANTONIO

Além disso, Veja

Residência pega fogo no bairro Jardim Eldorado e bombeiros evitam que incêndio se alastrasse

Ninguém ficou ferido no episódio e os bombeiros controlaram as chamas. Dois quartos foram afetados …